quinta-feira, 22 de março de 2012

Promoção para cadastrados

Bom dia,com o intuito de aumentar o numero de pessoas cadastradas no site,foi criada a idéia de sortear um estetoscópio e um esfigmomanômetro para os usuários cadastrados no site.
As regras são essas quem comentar este post e estiver cadastrado no site concorrerá aos dois equipamentos cujo sotei ocorrerá no dia 15 de maio,deixem seu e-mail no comentário que entrarei em contato para a entrega.Um grande abraço e boa sorte...

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Cálculo KMnO4(Permanganato de Potássio)

O Permanganato de Potássio funciona como antisséptico e antimicótico sendo utilizado em inúmeros tipos de patologias cutâneas.Ele é apresentado na forma de comprimidos e se faz necessário dilui-lo em água.para isso é necessário que se realize um cálculo para que sua concentração esteja dentro da prescrição médica ,uma vez que em altas concentrações o mesmo torna-se corrosivo.
Ele tem em sua concentração uma forma peculiar de escrita você encontrará sua concentração escrita desta forma 1:20.000,mas oque isso significa?

     1=1g(soluto)        e     20.000=20.000 ml(solvente)

 pensando de forma rudimentar isso quer dizer que para preparar essa concentração eu teria que diluir 1g em 20 litros de água e desses 20 litros utilizar o que o médico prescreveu(geralmente 1 ou 2 litros).Como trabalhar com este montante torna-se inviável,é necessaŕio o cálculo.

EX:Preparar 1 litro de uma solução de KMnO4 a uma concentração de 1:20.000 utilizando comprimidos de 100mg.

  Para realizar o cálculo preciso igualar as unidades ou seja transformar o Grama em Miligrama.

1g=1000 mg------------------------20.000 ml
         X mg---------------------------1000 ml

20.000x=1000000

    X=1000000
         --------------
         20.000

X=50mg

Após isso devo realizar o cálculo para saber quantos comprimidos usar;

1 comprimido------------------------100mg

                  X--------------------------50mg


100X=50

X=50
-------------
  100

X=0,5 comprimidos


Ou seja deverá ser colocado 1/2 comprimido em 1 litro de água para se obter a concentração prescrita.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Transformação de Soro em 5 passos.

Em algumas situações onde a concentração de glicose no seu soro é menor que a da prescrição se faz necessário transforma-lo,para isso podemos utilizar a fórmula com 5 passos e teremos como resultado final a quantidade de ampolas de GH (glicose hipertônica)que iremos acrescentar ao soro original para que este se transforme.EX:A minha prescrição médica é de 500 ml de SG20% ,possuo no setor apenas SG5%e ampolas de GH 50% com 20 ml,quantas ampolas de GH acrescentar?
 1 passo
O primeiro passo é descobrir quantos gramas de glicose possui o soro original(o que você tem em mãos)para issso transformamos a porcentagem em gramas sendo assim temos 5 % que vira 5g.

5g-------------100ml         Resposta:25g
X---------------500ml

O 100ml é relativo a PORCENTAGEM portanto em cálculos de concentração ele sempre estará ai,e o 500ml é o volume.

2 Passo

O segundo passo é uma quase réplica do primeiro,a unica diferença é que irá substituir  aporcentagem que tem pela porcentagem que esta prescrito ou seja neste caso o 5 pelo 20.


20g---------------------100ml                     Resposta:100g
X-------------------------500ml

3 Passo

O terceiro passo é o único a não ser realizado com uma regra de 3 ,utilizamos uma subtração para saber qual a diferença entre oque temos e o que queremos .
è o segundo passo menos o primeiro.
                        100g
                     -    25g
                      --------------
                          75g

4 Passo
Como no terceiro passo já descobri quantos gramas irei acrescentar para a transformação o quarto nada mais é que a descoberta de quantos grmas possui na ampola de GH.50 % vira 50g como nos outros e o 20 ml é o volume da ampola.

50g------------------100ml                      Resposta:10g

X-----------------------20ml

5 Passo
Após saber quantos grams são necessários acrescentar(3 passo) e quantos gramas tem na ampola(4passo)o objetivo do quinto e último passo é saber quantas ampolas acrescentar.

10g-------------------1ampola                    Resposta:7,5 ampolas.
75g---------------------X


SÓ NÃO ESQUEÇA QUE O RESULTADO FINAL É EM AMPOLAS E NÃO EM GRAMAS COMO SO OUTROS PASSOS.

Bons estudos e boa sorte.
Qaulquer dúvida podem me contactar pelos e-mails que estão no blog.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Cálculo de Insulina

A insulina é um hormônio produzido pelo pancrêas cuja função é promover a entrada de glicose nas células.
A não produção deste hormônio acarreta a patologia denominada Diabetes Mellitus tipo 1,ou ainda a resistência a sua ação gera a Diabetes Mellitus Tipo 2.
A diabetes tipo 2 geralmente não necessita do uso de insulina sintética,apenas comprimidos hipoglicemiantes,é mais característica em idosos e esta muito ligado a hábitos de vida inadequados.
No entanto a diabetes tipo 1 é totalmente dependente de insulina uma vez que o pancrêas nestes casos não produz hormônio algum,por este motivo também é chamada de diabetes insulino dependente,ou ainda diabetes juvenil uma vez que atinge principalmente crianças,adolescentes e jovens adultos.
Para estes pacientes o uso de insulina diariamente é vital,por este motivo cabe ao profissional de enfermagem estimular o paciente a se tornar autosuficiente na administração da medicação.
Existem 2 tipos comuns de insulina a Regular que tem ação rápida e seu aspecto é cristalino,é a mais utilizada em casos de emergências glicemicas uma vez que sua absorção é rápida.
O outro tipo é a insulina NPH que tem ação lenta e aspecto leitoso,é mais utilizada no controle da glicemia diária não tendo bom resultado em situação de emergência.
A grande maioria dos pacientes utilizam a insulina em sua via de administração SC embora existam insulinas para praticamente todas as vias,esta via é a de escolha pois é simples para o paciente se auto aplicar e promove menos dor e desconforto para o paciente;para isto utiliza-se de uma seringa e agulha especial,a seringa vem graduada em UI sendo na maioria das vezes seu volume máximo de 1ML.
Para facilitar a via dos pacientes leigos a insulina(frasco) e a seringa geralmente são disponibilizados com numeros inteiros para que não seja necessário realizar contas para administrar,porém existem seringas disponiveis em graduações diferentes principalmente para profissionais,além de situações em que a seringa de insulina não esta disponível.
Independente da seringa que esta disponível, se esta graduada em 30 UI,40 UI ,50 UI ou 100 UI ou ainda quando utilizamos seringas graduadas em ML a fórmula é a mesma:

      Frasco---------------Seringa
Prescrição--------------- X

Isto quer dizer que se tiver um frasco graduado em 100 UI,e uma seringa graduada em 40 UI e uma precrição de 20 UI de insulina,deverei proceder desta maneira:

100------------------40
  20------------------- X

100X=800

X=800
     ----
     100

X=8 UI
Isto quer dizer que nesta seringa para administrar 20UI deverei aspirar 8 UI uma vez que sua graduação é diferente.

Esta fórmula serve para todos os casos inclusive com seringas graduadas em ML porém vale ressaltar que se estiver a sua disposição seringas em ML você utilizará no local da sringa sempre o número 1 Ml uma vez que uma seringa de insulina tem o volume máximo de 1 ML.Veja o exemplo:

Em uma prescrição de 30 Ui de insulina com frasco de 100 UI e seringas de 3 ml quanto adminstrar?

100----------------1
30------------------ X

100X=30

X=30
    ------
     100

X=0,3 ML

Nota-se que ao invés de usar o 3 que é o volume da seringa eu utilizei o 1 que é o volume máximo de uma seringa de insulina uma vez que este é o valor máximo que seria utilizado isso ocorrerá independente de quantos ML tiver a seringa a disposição,não se esqueça também que o resultado obrigatoriamente será em ML uma vez que a minha seringa é graduada em ML.


Um abraço e até mais...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Cálculo Penicilina Cristalina

Penicilina cristalina é um antibiótico administrado por via EV,seu cálculo se faz necessário pois possuo frasco-ampola com duas concentrações diferentes que por vezes não atendem a necessidade da prescrição,sendo assim torna-se necessário o cálculo matemático.
O frasco-ampola vem em concentrações de 5.000.000 UI e 10.000.000 UI,lembrando que UI quer dizer unidades internacionais.
Estes frascos possuem volume de 2ml e 4 ml de pó respectivamente,sendo que seu volume total pode chegar até 10 ml(somado volume de diluente e soluto),sendo assim no frasco de 5.000.000 UI(que tem 2ml de pó)pode ser adicionado um máximo de 8 ml de agua destilada(diluente) e  o de 10.000.000 UI pode ser adicionado um máximo de 6 ml de agua destilada,para que em ambos os casos totalizem um máximo de volume de 10 ml.
Vale  lembrar que a escolha do volume a ser utilizado na diluição é de escolha do profissional e que quanto menor o volume de diluente menor será o respectivo resultado final em ML porém a quantidade de concentração da medicação será a mesma .
EX:Tenho uma prescrição de 500.000 UI de Penicilina Cristalina,possuo no setor frasco-ampola com 5.000.000 UI.Em quanto você irá diluir?quanto irá administrar?

5.000.000UI-------------------10ml
   500.000UI-------------------X

50X=50
X=50
    -----
     50

X=1 ml

Nota -se que a regra de 3 é a mesma mostrada anteriormente o diferencial é quantidade de zeros, que também poderá ser cortados desde que seja cortada a mesma tanto no dividendo quanto no divisor.
No próximo post mais comentários e exercícios para fixação.
Um abraço e onfiem no seu potencial.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Regra de 3(tres)

Resolução
 
200 mg-----------------------5ml
80 mg ------------------------ X


200x=400
x=400
    200

x=2 ml
Realiza-se uma multiplicação cruzada e após , uma divisão,lembrando que o número que esta com o X sempre passa dividindo(está sempre embaixo).
O resultado sempre será igual a unidade superior ao X ou seja no caso deste em ML.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Cálculo de medicações

Cálculo com regra de 3 simples é realizado como o próprio nome sugere quando tenho 3 componentes e necessito achar o quarto.Pode ser utilizado das mais variadas formas e com os mais variados objeivos porém vamos começar pelo mais conhecido e simples que se refere a ter 2 componentes com mg e um componente em ml onde torna-se ncessário descobrir o quarto elemento.EX:
 Tenho uma prescrição de 80 mg de um antibiótico por via EV na minha unidade tenho ampolas de 5 ml com este antibiótico porém apenas com 200 mg.Como proceder?
  
200 mg-----------------------5ml
80 mg ------------------------ X

Tente realizar e na próxima postagem coloco o resultado comentado,lembrando que para realizar uma regra de 3 necessito realizar uma multiplicação em X e após isso uma divisão e que o número que está com o X sempre passa dividindo.

Bons estudos.

NOTÍCIAS

Loading...

Blogger Templates by OurBlogTemplates.com 2007